Sobre Autoconhecimento


Qual a origem do Autoconhecimento? A palavra “Auto” origina do grego e significa: aquilo que é próprio ou funciona por si. “Conhecimento”, um ato de perceber ou compreender por meio da razão ou da experiência. Tenho constatado em consultório o quão deficitários estamos em perceber a nós mesmos. Frequentemente aplico técnicas e atividades que refletem o autoconhecimento e escuto discursos como: “difícil, não é?”, “Eu não sei o que dizer”, “Não penso muito nisso”.

Pensar, observar, refletir, analisar nossos comportamentos e sentimentos de fato não são costumes comuns no mundo atual. Mas será que sabemos o quanto isso é realmente importante? Um dos grandes ganhos, talvez o mais fundamental, seja a possibilidade de conseguirmos assumir um maior controle sobre nossas vidas, “prever” nossos comportamentos e mediá-los, eliminando crenças limitantes. Por exemplo: ‘Se eu agir de tal forma obterei uma consequência mais positiva’.

A capacidade de poder optar, dentre um repertório de comportamentos, aquele que é o mais adequado e benéfico, é um privilégio para quem desfruta do mergulho em si mesmo. Ademais, trabalhar o autoconhecimento pode ajudar a estabelecer objetivos, definir os caminhos para alcançá-los, priorizar mudanças, aumentar a autoestima e a autoconfiança, e prevenir ansiedade. Esse processo, é claro, pressupõe coragem e disposição para sair da zona de conforto e assumir os riscos em busca do aprimoramento pessoal. Autoria: Psicóloga Evelyn Bortolin
Conference
Assista ao vídeo

Por favor aguarde...

Como funciona?

Faça a sua sessão por vídeo-chamada no próprio Zenklub.
Zenklub mobile Escolha o seu especialista
Não precisa instalar nada. É simples e seguro. Experimente Grátis